Blog

Diferenças MDF e MDP

Uma das principais dúvidas de quem está pra comprar móveis planejados é referente aos tipos de material existentes no mercado. Definir o material é parte essencial do projeto e vai muito além da beleza: é também o que vai definir o tempo de vida e a facilidade de manutenção do móvel.
 
Entenda aqui as principais diferenças entre eles, para facilitar na escolha da melhor opção para os móveis da sua casa:
 
Madeira
 
Os móveis de madeira maciça, antes muito usada, hoje são difíceis de serem encontrados. Além disso, são ecologicamente incorretos pois produzem grande impacto no meio ambiente. Uma opção, no caso, seriam as madeiras de demolição e/ou certificadas, mas essas têm preços altíssimos que acabam inviabilizando vários projetos.
 
Uma solução menos cara e ecologicamente correta são as chapas obtidas a partir do pinus e do eucalipto de reflorestamento, que podem ser de fibras de média densidade (Medium Density Fiberboard – MDF), partículas de média densidade (Medium Density Particleboard – MDP) ou de aglomerados.
 
MDF, MDP ou aglomerado?
 
A principal diferença entre MDF, MDP e aglomerado é a constituição de seu miolo. Enquanto o MDP é feito a partir de partículas de madeira, no MDF são usadas fibras para a sua constituição e os aglomerados são feitos a partir de resíduos de madeira – sendo essa última menos resistente que as duas primeiras.
 
Entre o MDF e o MDP, a resistência da peça vai depender principalmente da forma como ele for trabalhado e das ferragens que forem utilizadas no projeto. Daí podemos concluir que um móvel bem trabalhado – por profissionais capacitados e experientes – será mais resistente. Por isso, na hora de adquirir seus móveis planejados é essencial a escolha por uma empresa séria e responsável.